rss
email
twitter
facebook

sábado, 29 de maio de 2010

O Credo Apostólico

Creio em Deus Pai, Todo-poderoso, Criador do Céu e da terra.

Creio em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, o qual foi concebido por obra do Espírito Santo; nasceu da virgem Maria; padeceu sob o poder de Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu ao Hades; ressurgiu dos mortos ao terceiro dia; subiu ao Céu; está sentado à direita de Deus Pai Todo-poderoso, donde há de vir para julgar os vivos e os mortos.

Creio no Espírito Santo; na Santa Igreja Universal; na comunhão dos santos; na remissão dos pecados; na ressurreição do corpo; na vida eterna. Amém.



Origens do Credo
Ele não surgiu do dia para a noite e nem teve data de
lançamento marcada com antecedência. O Credo Apostólico
foi resultado da necessidade que a Igreja teve, ao desenvolver
sua história especialmente nos primeiros séculos, de definir os
pontos fundamentais que deveriam ser aceitos por todos que
desejassem filiar-se a ela. Já naqueles tempos havia muitos que
se diziam cristãos mais desconheciam ou mesmo rejeitavam os
ensinos bíblicos. Era preciso adotar um padrão de fé.
Por Que “Credo Apostólico”?Alguns pensam que os Apóstolos é que prepararam
uma espécie de livrinho, colocaram as expressões de Credo e o
foram passando para as igrejas. Mas não foi assim. O nome
Credo vem de uma palavra latina que significa Creio. Desde o
começo a Igreja Cristã exigiu uma declaração de fé dos que
queriam ser batizados. Lembra-se da condição que Filipe
impôs ao batismo do Eunuco (At 8.36-38)? Com o passar do
tempo a declaração de fé (Profissão de Fé) foi incluindo mais
elementos. Assim chegou-se ao Credo Apostólico. Esse nome
nos recorda que seu conteúdo é a verdadeira mensagem Cristã
como foi pregada desde os dias Apostólicos.
A Necessidade do Credo
Problemas de dentro e de fora levaram a Igreja a
cuidar dos seus ensinos, a Doutrina Cristã. A partir do terceiro
século, com o crescimento da Igreja, começaram as
especulações, as indagações, especialmente entre os cristãos de
origem grega, levados pela influência de seu espírito filosófico.
Aí, começaram a surgir as mais diversas interpretações com
relação a Pessoa e o Ministério de Cristo. Diante dessas
diversas interpretações e opiniões, não só com relação a Cristo
mas também relativas a outros assuntos fundamentais da Fé
Cristã, como a Ressurreição e a Vida Eterna, a Igreja se viu na
obrigação de estabelecer o padrão doutrinário que recebeu o
nome de Credo Apostólico.
ConclusãoÉ importante lembrar que o Credo surgiu do cuidado
da Igreja para com as verdades bíblicas. Ele não é invenção da
igreja Romana. Ele é chamado Apostólico por incluir
ensinamentos que a igreja abraça desde os tempos apostólicos.
E ele teve sempre a intenção de expressar uma fé que existia no
âmbito da comunidade mais era pessoal e íntima, não formal e
externa. Por isso ele não pode virar uma reza.


Extraído das últimas páginas do Hinário Novo
Cântico.

24 comentários:

Wilson Y. Akita disse...

Olá. Também sou presbiteriano (sou presbítero da ipb) e calvinista. Verifiquei que na exposição do Credo Apostólico foi omitida a expressão "desceu ao Hades". Conheço as dificuldades teológicas acerca deste termo, mas, mesmo assim, a omissão parece não ser a melhor solução. Há um excelente artigo do Rev. Heber Carlos de Campos intitulado "Descendit as inferna" que é facilmente encontrado no Google.

Wilson Y. Akita disse...

Corrigindo: o título correto do artigo é "Descendit ad inferna". Deus continue abençoando!!!

Djalma Oliveira disse...

Wilson Y. Akita

Obrigado pela correção, o texto do Credo tinha sido copiado diretamente do site monergismo, agora vi que no hinário está realmente como citado pelo amado.

Manoel Canuto disse...

Meu caro irmão.
É bom ver o interesse pelo CREDO APOSTÖLICO.
Gostaria que os evangélicos sempre confessassem sua fé com este Credo tão antigo e "nosso". Amado por Calvino.
Mas creio que deveríamos resgatar duas palavras que são mudadas. Elas são perfeitamente corretas e originais: Inferno e Católica.
Vamos em frente!

Manoel Canuto
Jesus sofreu as angústias do INFERNO a Igreja de Cristo sempre foi CATÖLICA (nunca Romana)

Paulo Martins disse...

Graça e Paz!
Estava eu hoje conversando com meu filho sobre o Credo (Apostólico?) e fui procurá-lo no Hinário Presbiteriano. Só o encontrei em um antigo hinário, não no novo. O ponto de questão era "desceu ao Hades". Encontrei uma ótima discussão do assunto no site “Descendit ad Inferna”, mas não foi muito conclusivo. Minha pergunta no momento é: Por que nossa igreja não ensina mais o Credo ?

Olamir Miranda disse...

Caros Srs.Paulo Martins e Manoel Canuto: Os Srs. parecem andar em círculos sem pressa de se 'tocarem' e mantendo-se a uma certa distância um do outro. Cumprimentam-se , mas não se dão as mãos!
É claro que o credo jamais será 'REZADO' EM QUALQUER DENOMINAÇÃO 'PROTESTANTE', NA ÍNTEGRA' SEM QUE CAUSE 'UM ESPANTO'! (Por isso já esta quase 'suprimido'). E verdades 'INSUSTENTÁVEIS', COMO ESTA DO Pr.Manoel:'A IGREJA NUNCA FOI CATÓLICA ROMANA', terá que 'arranjar um gancho' de 'feno'para ser 'dependurada no MEIO evangélico' longe dos olhares dos que 'BUSCAM A VERDADE', e ao abrigo do 'FOGO DE 1ªCor.3:15'. Se vossas Senhorias não tomarem este cuidado, terão que se 'contentarem' com 'MAIS ESTA VERDADE EVANGÉLICA' sendo tratada como 'BRAVATAS' PELOS SEUS PRÓPRIOS 'COMPARSAS' DE MAGISTÉRIO.
Não estou inventando 'nada', ... É SÓ VER 'O AMOR'que une 'A DILACERADA DOUTRINA '(MUTÁVEL COM O VENTO)' "EVANGÉLICA"!
'OBREIROS E PRESBÍTEROS' DA 'ASSEMBLÉIA'(meus 'manos' e AMIGOS)nem 'ouviram falar de 'CREDO' ... AINDA ...apesar de já estarem se 'aposentando'por idade...DESCULPEM-ME, mas 'hipocrisia' nem JESUS agüentou! ...

Olamir Miranda disse...

Caros Srs.Paulo Martins e Manoel Canuto: Os Srs. parecem andar em círculos sem pressa de se 'tocarem' e mantendo-se a uma certa distância um do outro. Cumprimentam-se , mas não se dão as mãos!
É claro que o credo jamais será 'REZADO' EM QUALQUER DENOMINAÇÃO 'PROTESTANTE', NA ÍNTEGRA' SEM QUE CAUSE 'UM ESPANTO'! (Por isso já esta quase 'suprimido'). E verdades 'INSUSTENTÁVEIS', COMO ESTA DO Pr.Manoel:'A IGREJA NUNCA FOI CATÓLICA ROMANA', terá que 'arranjar um gancho' de 'feno'para ser 'dependurada no MEIO evangélico' longe dos olhares dos que 'BUSCAM A VERDADE', e ao abrigo do 'FOGO DE 1ªCor.3:15'. Se vossas Senhorias não tomarem este cuidado, terão que se 'contentarem' com 'MAIS ESTA VERDADE EVANGÉLICA' sendo tratada como 'BRAVATAS' PELOS SEUS PRÓPRIOS 'COMPARSAS' DE MAGISTÉRIO.
Não estou inventando 'nada', ... É SÓ VER 'O AMOR'que une 'A DILACERADA DOUTRINA '(MUTÁVEL COM O VENTO)' "EVANGÉLICA"!
'OBREIROS E PRESBÍTEROS' DA 'ASSEMBLÉIA'(meus 'manos' e AMIGOS)nem 'ouviram falar de 'CREDO' ... AINDA ...apesar de já estarem se 'aposentando'por idade...DESCULPEM-ME, mas 'hipocrisia' nem JESUS agüentou! ...

Olamir Miranda disse...

...olhem nos 'dicionários' e vejam se encontram alguma denominação 'PROTESTANTE' com 'STATUS' de 'IGREJA',... ROOSEWELT DISSE E 'PROCISSÃO SEGUE E OS CÃES LATEM': 'A AMÉRICA LATINA, ESPECIALMENTE O BRASIL, NÃO SATISFARÃO AOS INTERESSES DOS ESTADOS UNIDOS, ENQUANTO PERMANECEREM CATÓLICAS'. Com quanto V.S ESTÃO COLABORANDO? ...
...OU O FAZEM 'conscientemente'? ...pelos 'belos DÓLARES, de que 'todo pastor', ... 'ASSALARIA-SE'?
... QUAL APÓSTOLO 'PAGOU DÍZIMO/OU COBROU'? ...E MULHER DE QUEM DELES FOI 'COADJUTORA' 'APÓSTOLA'?

rev. fran disse...

Caros amigos devemos procurar entender bem a palavra católica e devemos tirar o acrécimo descida ao hades do nosso crédo, pois nas primeiras versoes do credo não aparecia desceu ao hades, depois da morte e sepultamento. Devemos entender que Jesus não desceu ao hades depois de sua morte e sepultamento. A primeira coisa devemos saber é que a expressão “desceu ao Hades,” com referência a Cristo, não é encontrada em nenhum lugar das Escrituras. A escritura afirma que o Redentor “desceu às regiões inferiores, à terra” (Ef 4.9),1 mas não que ele desceu a um lugar chamado Hades depois de sua morte e sepultamento... Não há fundamento bíblico para afirmar que ele desceu localmente ao Hades, após a sua morte e sepultamento!

Al Ferreira disse...

Ola irmaos td bem meu nome e Aldenir Ferreira Baptista moro no USA e estou tendo o privilegio de ler um livro de J I Packer de titulo Affirming the Apostles Creed Afirmando o credo apostólico Ele explica muito bem a parte Desceu ao inferno. Este Inferno nao e aquele em que fazemos ideia que todos aqueles que nao sao eleitos vao e sim Hades que significa um estado Morto lugar dos mortos foi p enfatizar que o SENHOR JESUS morreu mesmo ,E resulcitou ao terceiro dia .temos que lembrar que igreija estava tendo uma luta contra o Gnostics se eu estiver errado me mande um email alferreira007@gmail.com muito obrigado DEUS lhe abençoe .

Roberto disse...

Este ai q escreveu q o nosso credo esta em desuso esta enganado, ele ė o resumo da nossa fé , e nunca pode ser desprezado, tentando denegri-lo, justificando nas críticas dos pentecostais. Somos,e seremos verdadeiros cristãos reformados sempre na fé no Cristo vivo.

ANA CARLA JORGE NUNES disse...

Eu faço parte da igreja Batista e meu pastor está querendo trazer o credo apostólico para igreja mas muitos irmãos não aceitam, e eu tbm, por ter sido uma reza que aprendi quando era católica. A oração universal é o pai nosso, pq agora estão trazendo o credo mudando uma palavra e dizendo que os evangélicos precisam orar pq faz parte? É isso que não entendo e nem aceito.

Carlos disse...

Querida irmã Ana Carla Jorge Nunes, com o objetivo de ajudá-la na compreensão da importância do credo apostólico que é totalmente diferente da oração do pai nosso ensinado por nosso Senhor e Salvado Jesus Cristo. Primeiramente não é uma reza. O credo teve sempre a intenção de expressar uma fé que existia no âmbito da comunidade mais pessoal e e íntima, não formal e externa. É um breve resumo da fé cristã. Minha intenção mais profunda é que você procure ler e compreender este assunto para a glória de Deus !

Natalino Narciso disse...

Aliás, a única oração decorada que Jesus deixou, é a oração do PAI NOSSO: A questão do Credo Apostólico, é uma confissão de Fé, e não uma Oração.

Anônimo disse...

Irmaos, vamos empregar esforços em cumprir a ordem de nosso mestre: Levar o evangelho a toda criatura.
O coro apostólico a gente discute depois. Não é um formato que Deus nos requereu.

Anônimo disse...

É lamentável esse tipo de discussão. Parece até que somos fariseus. preocupados com a forma das coisas, mas distantes daquilo que mais importa.
"Ide por todo o mundo é levai o credo apostólico a toda criatura, ensinando cada uma a decorar e recitar todas as vezes no início das liturgias"

Claudecir disse...

O Texto sobre o Credo explica que foi feito pela tradição da igreja primitiva é isso mesmo ou entendi errado.
Devemos fazer esta oração sempre ou isso não tem base biblica?

Unknown disse...

Desceu ao hades, ele morre, mas ressuscitou

Mário Oliveira disse...

É terrível ver o resultado que a falta de interpretação de textos traz para a humanidade!

Anônimo disse...

É triste a superficialidade a que tem acometido nossas Igrejas. Precisamos sim da Profissão de Fé, precisamos de embasamento doutrinal, e mais do que isso, aprofundar na fé que de Deus recebemos a fim de que tenhamos fé sólida e não construída sobre a "areia"...
Graça e Paz!

dri bretas disse...

A igreja de Deus é monoteísta e não politeista

dri bretas disse...

A igreja protestante sempre de maos dada com roma,meu Deus.

dri bretas disse...

Irmao quem instituiu o credo foi Constantino,creio q o irmão sobre ele,um idolatra e leviano imperador,então irmão não precisamos de nada q venha da igreja católica e sim da Bíblia.

dri bretas disse...

Não,o credo é invenção romana e não precisamos dele e sim da palavra de Deus.