rss
email
twitter
facebook

domingo, 17 de outubro de 2010

Google terá que retirar do ar todos os vídeos do youtube contra a campanha de Dilma


A Google do Brasil deverá suspender imediatamente a divulgação e o acesso a vídeo com conteúdo ofensivo à candidata à Presidência Dilma Rousseff (PT). Na decisão que suspendeu a divulgação do material pelo YouTube, o ministro Joelson Dias, do Tribunal Superior Eleitoral, declarou que “a liberdade de imprensa pressupõe responsabilidade”.

A decisão suspende a exibição do vídeo por meio do endereço eletrônico específico. Assim, o ministro indeferiu em partes o pedido, já que os vídeos são compartilhados na internet pelos próprios usuários, e não pelo Google. Também consta na decisão a determinação de que Serra e a coligação “se abstenham de usar ou fazer usar os referidos vídeos em sua propaganda eleitoral”. O mérito da representação ainda será analisado, após a apresentação da defesa e do parecer do Ministério Público Eleitoral.

A decisão chega para atender a um pedido feito nesta sexta-feira (15/10) pela coligação “Para o Brasil Seguir Mudando” e de Dilma, em representação ajuizada no TSE. Essa é a segunda vez que o plenário do tribunal analisa uma representação nesse sentido. Um pedido anterior foi considerado improcedente – segundo o fundamento do pedido de multa dessa, a propaganda teria sido veiculada em site de pessoa jurídica, o que não é o caso do YouTube.

Ao contrário do que aconteceu na representação apresentada anteriormente, “formulou-se, agora, pedido principal e autônomo no sentido de que, diante das irregularidades apontadas, dentre elas a aventada ofensividade da mensagem, sejam adotadas, pelos representados, as medidas cabíveis para fazer cessar a veiculação da propaganda reputada como irregular”, explicou o ministro.

Lula ameaça revisar acordo com o Vaticano por questionamentos a Dilma

A agência italiana ANSA informou que o secretário pessoal do Presidente Luiz Lula Da Silva, Gilberto Carvalho, disse à cúpula da Igreja que se continuarem os questionamentos contra a candidata Dilma Rousseff –devido à sua postura favorável ao aborto– poderia ser revisado o acordo assinado com o Vaticano.

ANSA, que recolhe uma notícia do jornal Valor Econômico, assinalou que Carvalho se reuniu com membros da Conferência Nacional de Bispos do Brasil e comunicou que o governo pode voltar a discutir o acordo que contempla o apoio a escolas católicas e outros benefícios.

Lula revisaria o acordo assinado por Lula e o Papa Bento XVI em 2007 no Brasil, e ratificado em 2009 no Vaticano, depois do qual foi aprovado pelo Congresso, onde foi questionado por congressistas evangélicos.


Fontes: Conjur, Acidigital

9 comentários:

Ana Lis disse...

E já começou a censura!!! Imaginem só se o PT continuar no poder como será a vingança deles contra jornais, revistas, canais de TV, jornalistas...Querem tirar os vídeos porque eles mostram a verdade.No momento que há censura, acaba a democracia. Querem que o povo não veja o quanto são hipócritas!Que Deus ilumine o povo brasileiro! SERRA 45

Rev. Francisco Macena da Costa. disse...

Se as denúncias forem verdadeiras, então que se faça uso dos tramites legais. Contudo, se ficar provado que tais vídeos se fundamental em mentiras, não somente devem ser retirados como os responsáveis devem responder processo judicial, afinal o diabo é pai da mentira.

NaToO disse...

O que está acontecendo é um grande mal entendido.

A Dilma não é a favor do aborto, ela é a favor da saúde pública. Sensibilizada por ver a morte de muitas mulheres pobres que tem aborto mal sucedido e da praticamente inexistencia de processos contra aborto, ela chegou a uma conclusão de que não faz sentido a criminalização do aborto....

entre 1995 e 2007 foram feitos no SUS mais de 32 mil curetagens, os analistas acreditam que a maior parte dessas curetagens foram de aborto provocado, e como o estado vai processar todas essas mulheres?

Então talves ela não esteja certa de uma posição tão radical, mas todo projeto exige uma certa unanimidade para ser aprovado pelo congresso, portanto no momento não passa de idéias da cabeça dela....

Anônimo disse...

É a GESTAPO de Lula babando sedenta de sangue.

Por que nao tiram do ar os videos que a demoníaca banDilma faz uso de sua boca suja para dizer que o Serra fará privatizações?
Dois pesos e duas medidas, que muitos crentes aplaudem.

Vejam o vídeo que a banDilma satânica diz que é a favor do aborto na sabatina da Folha: http://www.youtube.com/watch?v=TdjN9Lk67Io

E agora mente com sua boca compromissada com a mentira. E tem crente que defende esse Lucifer, retransmite suas mentiras.

Esse papinho satânico de "defender os pobres", tem crente cretino e otário que dá ouvidos.
Lula e Dilma odeiam pobres.

Brasil=LIXO

Anônimo disse...

NaToO

Você ficaria impressionado com o numero de pedófilos que temos no Brasil, se fosse processar e prender todos não haveria espaço nas penitenciárias que já estão lotadas, será que isso é motivo pra legalizar a pedofilia também?

­ disse...

Ana Lins:
Como se a coligação dos tucanos, NUNCA tivesse entrado na justiça também, contra o Google, para retirar do ar, vídeos que "ferem" a imagem do José Serra!
Pimenta nos olhos dos outros é refresco!

Anônimo disse...

Harrison Carlos
Vai aproveitando seu computador com internet, seu celular, seus remédios genéricos, seu salário em Reais, porque se fosse pelo PT você estaria na fila do orelhão, recebendo em "Cruzados"com uma inflação de 20% ao mês e pagando um preço absurdo pelos remédios. O que o governo atual quer fazer é o mesmo que Hugo Xaves fez na Venezuela: calar a boca da mídia.Você sabe o que é PNDH-3 ? Informe-se! Garanto que nenhum membro da coligação do PSDB aprovou isso.

Anônimo disse...

Anônimo

Pelo jeito vc nem sabe o que é PNDH-3 e fica falando m* igual aqueles comentaristas pilantras da tv...

­ disse...

Anônimo:
Como se somente o PSDB fosse o responsável por isso!
Não precisaria ter que privatizar pra progredir nessa área!
Acontece, que foi apenas sorte do PSDB privatizar em sua época,pois de qualquer forma, teríamos mesmo que progredir...
Mas não precisaria privatizar!
Nem todas as estatais são ruins e nem todas as empresas privadas são boas!